Os discos da semana #05 (28/03 a 03/04)

Alou quarenteners! Geral ainda em casa? Aqui quem fala é Vitor Silveira, voltando com os já tradicionais lançamentos da semana!

Lembrem-se de ignorar o presidente, escutar a OMS e os cientistas. Agora vem de som!

Einstürzende Neubauten – Ten Grand Goldie (single)

Single dos Neubauten, será que vem disco por aí? Não encontrei nada quando pesquisei sobre. A estética da música é aquele som característico da banda, o pós punk sombrio e experimental, gosto muito. Ah, e pra completar a banda ainda subiu os discos que faltavam lá no Spotify, cai dentro!


Everything is Recorded – FRIDAY FOREVER

Projeto do fundador e dono da XL Recordings, Richard Russell. Conhece? É uma gravadora independente por onde já passaram nomes como Adele, Frank Ocean, Jack White, Radiohead e muitos outros, tá bom pra você? O disco passa pelo hiphop, jazz, triphop e umas outras experimentações com participações de Aitch, FLOHIO and Berwyn, Maria Somerville, Kean Kavanagh, A.K. Paul, James Massiah, Infinite Coles, Ghostface Killah (Wu-Tang Clan e Penny Rimbaud (Crass).


Garage Fuzz – Take Care of your Friends (EP)

Duas músicas inéditas do Garage Fuzz, banda clássica do hardcore brasileiro! As duas músicas desse EP resgatam a sonoridade da banda nos anos 90. As músicas foram gravadas antes do carnaval, porém a banda decidiu liberar antes pra contribuir em tempos de quarentena, boa pedida!


Iceage – Lockdown Blues (single)

Em nota no bandcamp da banda os Iceage informam que Lockdown Blues é uma música que foi escrita e gravada logo no início da quarentena. Ela aborda a nova e problemática dinâmica atual que estamos vivendo. “Todos os lucros do Bandcamp serão direcionados diretamente aos Médicos Sem Fronteiras, que no momento estão fazendo o possível para fornecer ajuda onde é urgentemente necessário. Nossos pensamentos estão com todos os que estão em risco com os vários horrores relacionados à crise, aqueles situados nas linhas de frente e aqueles que estão diretamente comprometidos. Fique seguro e tome cuidado”.


Jenny Hval – Bonus Material (single)

Como o próprio nome sugere, Bonus Material é uma música gravada durante as sessões do último disco da Jenny Hval, The Practice of Love, um dos melhores discos do ano passado (olha como esse vinil é lindo, ainda quero a minha cópia!). “Trata-se de uma faixa inacabada sobre substâncias inacabadas vazando entre si. Lixo praticando amor”, nas palavras dela.


M. Ward – Migration Stories

Décimo disco solo do Matthew Stephen Ward, o nosso M. Ward, parceiro de Zoey Deschanell no She & Him e integrante do Monsters of Folk. Migration Stories foi gravado em parceria com Richard Reed Parry e Tim Kingsbury, dos Arcade Fire.


Oruã – Cavalo Branco (single)

Oruã é uma banda carioca, antes um trio, agora um quinteto formado por Lê Almeida, João Luiz, Phill Fernandes, Zózio (Kartas), Felipe (Gaax) e Alexander (Russo), inclusive esse que escreve aqui tá morrendo de saudades do Escritório! Solta o play nesse free jazz noise!


Psychic Ills – Never Learn Not to Love / Cease to Exist (single)

Psychic Ills foi uma banda formada por Tres Warren e Elizabeth Hart. Infelizmente, Tres Warren faleceu semana passada, aos 41 anos, eles estavam preparando novas músicas para entrar em estúdio e gravar um novo disco. Das sessões de ideias para esse novo disco ficaram dois covers: Never Learn Not to Love (do Beach Boys) e Cease to Exist (do Charles Manson). Quem conhece a história envolvendo esses dois nomes pode ter feito a ligação, quem quer se aprofundar mais eu recomendo esse link.


Public Enemy – Loud is Not Enough

E o Public Enemy, hein? A cerca de um mês atrás, Flavor Flav havia sido demitido da banda após divergência sobre apoio a Bernie Sanders, uma história bem esquisita que chocou muita gente, mas que no fim era uma espécie de pegadinha. Será? No dia 1º de abril, famoso dia da mentira, a banda lançou o Loud is Not Enough. Chuck D em entrevista recente disse que a intenção original era chamar atenção para a banda. Sei não, o que essa história tem de esquisita o disco tem de bom, solta o play aí!


Thiago França – KD VCS

Thiago França, um sax barítono e só. Desse jeito é o disco KD VCS. Esse nome parece ter sido escolhido a dedo para o momento de confinamento e distanciamento social que estamos vivendo, mas em entrevista para o Trabalho Sujo o músico afirma que já tinha tudo pronto desde novembro! O disco é todo gravado em takes únicos, sem outros instrumentos e sem efeitos na pós produção. Brabo!


Thundercat – It Is What It Is

Ele mesmo, o disco mais esperado desde que foi anunciado lá em meados de janeiro! Stephen Bruner, o nosso Thundercat, finalmente lança esse DISCÃO, que sucede o espetacular Drunk (2017). O álbum é bruto, cheio de citações ao grande Mac Miller, que faleceu ano passado. Entre as participações nomes como Louis Cole, Steve Lacy, Steve Arrington, Childish Gambino, Ty Dolla Sign, Lil B, Kamasi Washington, BadBadNotGood, and Zack Fox. Precisa mais pra tascar o play?


Titãs – Titãs Trio Acúsico EP 01

A banda, que já foi uma banda com oito membros, aos poucos se reduziu ao que é hoje, um trio (Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto). Após a ópera rock Doze Flores Amarelas (2018) eles surgem com um EP acústico. São 8 faixas de releituras de clássicos da banda!


Wylde Ratttz – Wylde Ratttz

Direto do texto de divulgação dessas gravações “o Wylde Ratttz foi formado em 1997 para gravar faixas de The Stooges para o filme Velvet Goldmine. Com Ron Asheton como arma secreta, as músicas foram facilmente despachadas e a banda rapidamente organizou uma segunda sessão que produziu uma mistura de originais trazidos pelos membros da banda, covers de The Pretty Things (uma das bandas favoritas de Ron) e 40 minutos de faixas instrumentais matadoras”. Como se não fosse suficiente eu quero deixar aqui a formação da banda também:

Ron Asheton (Stooges, New Order): Guitar, vocals, piano, tympani
Mark Arm (Mudhoney, Green River): Vocals
Thurston Moore (Sonic Youth): Guitar, vocals, electronics
Mike “Pipe” Watt (Minutemen, fIREHOSE): Bass, Beam, spiel
Steve Shelley (Sonic Youth): Drums, percussion
Don Fleming (Velvet Monkeys, B.A.L.L): Guitar, vocals
Sean Ono Lennon: Multitronics, guitar, vocals
Jim Dunbar: Percussion, vocals, polaroids


VÁRIOS ARTISTAS – Rock Triste Contra o Coronavírus

“Rock Triste Contra o Coronavírus” é uma iniciativa de artistas brasileiros para ajudar comunidades carentes nesse momento de necessidade. Toda sexta, até outubro, será lançado um cover para angariar fundos para a ação do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas contra o coronavírus.

Nenhum artista participante receberá lucro por essa coletânea. Todo o dinheiro que você dá quando compra o disco é enviado diretamente à conta do paypal da coordenação do movimento (após paga a porcentagem do bandcamp). Você também pode transferir ou depositar diretamente para a coordenação do movimento.

Acesse o bandcamp para saber mais!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário