Os discos da semana #106 (19/03 a 25/03)

Salve, discólatra!

Esses são os 10 álbuns/EPs e 10 singles que mais escutamos nos últimos dias aqui na redação do DCV!

Não deixe de seguir a nossa playlist de lançamentos, ela é atualizada semanalmente por Jônatas Marques e Vitor Silveira. A capa é de William de Abreu. Bora conferir?


Entre álbuns, EPs e singles, alguns destaques da curadoria:

Didier Guigue – Tudo Mentira

Didier Guigue tem uma carreira que sempre seguiu os caminhos complementares e entrelaçados do ensino da história e estética das músicas contemporâneas (foi Professor Titular no Departamento de Música da UFPB), da pesquisa em musicologia, com ênfase nas práticas dos séculos XX e XXI (é Pesquisador no CNPq desde 1997)  e da prática, tanto como compositor quanto como performer. Quando fagotista da Orquestra Sinfônica da Paraíba, criou com colegas o coletivo experimental Uvulas Ardientes, seu primeiro projeto autoral no Brasil, ainda nos anos 1980. Com o projeto, rodou o eixo do Brasil, chamando atenção da imprensa do Rio e São Paulo.

Tudo Mentira” é o primeiro single do seu novo álbum “É Tudo Verdade“, parte das comemorações dos seus 40 anos de imigração no Brasil, a ser  lançado pela Hominis Canidae em Maio deste ano, quando aniversaria sua chegada. “O álbum procura mostrar aspectos da sua produção do campo da música geralmente definida como eletrônica/tecno, porém privilegiando uma estética que gosta de absorver aspectos do rock prog ou da música (assim chamada) erudita. O álbum irá incluir músicas novas especificamente realizadas para a ocasião, em parceria com vários artistas, e releituras de músicas antigas”, explica Didier. 


Jaque da Silva – Levante Pela Terra (single)

Levante Pela Terra uma canção-manifesto que surge junto do  “Levante pela Terra”, movimento de luta que aconteceu em Brasília, no ano de 2021 contra o PL 490, que exigia as Demarcações de Terras Indígenas e o fim da tese do Marco Temporal. A canção nasce do sentimento de profunda indignação e da necessidade de somar com os parentes na luta pela Terra, pela Vida.

É um grito: de revolta, e de alerta e de amor à Terra.


Terra Mãe – Vontade que não morre (single)

A banda Terra Mãe, de Campinas (SP) lançou na última terça (22/03) o EP “Vontade que não morre”, primeira incursão no rock experimental. O power trio inspirado na Ventre traz influências do post-rock, do math rock e do rock alternativo em três faixas que vão da leveza melancólica dos domingos aos extremos de uma sexta-feira. É um trabalho para quem busca o novo e não tem medo de correr riscos, exatamente como a Terra Mãe.

“Este novo trabalho é um EP, totalmente instrumental que inicia uma nova fase na banda. É um trabalho totalmente experimental, onde finalmente conseguimos encontrar o ‘nosso som’ e estamos muito felizes e confortáveis em poder compartilhar essa nova sonoridade. São três faixas pensadas para ser algo extremamente simples”, avalia Gustavo Paschoalin, guitarrista e um dos produtores do EP.


Leia a bula:

Álbuns e EPs
1. Andrea Martins & Rana Tosto – Pequenos Grandes Universos
2. fidaionice – O Que Sobrou do Restim
3. Helo Cleaver – Priguis
4. Jade Faria – Solar
5. Jovem Dionísio – Acorda, Pedrinho
6. Luan Bates – Something Else to Play
7. PUPPI – CRISALIDE
8. Sofá a Jato – Revoada
9. Tartamudo – A Loop Is a Loop Is a Loop
10. Terra Mãe – Vontade que não morre

Singles
1. André Abujamra – Espelho do Tempo – Multi 25
2. BEL & Ana Frango Elétrico – Mapinha
3. Clarissa Bruns – Esse Samba
4. Didier Guigue – Tudo Mentira
5. Fryer – St. Joseph (Part II)
6. Jaque da Silva – Levante Pela Terra
7. Marcelo Callado – Beijo do Mar
8. Pâmela Amaro – Deixa Que Eu Vou Te Contar
9. trema¨ & Filipe Giraknob – Espelho D’Água
10. Victoria dos Santos & Craca – Lucero


Continue usando máscara e, sempre que possível, mantenha o isolamento social. Vá vacinar quando for a sua vez e não ouça o atual presidente.

Aquele abraço e até semana que vem!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário