Os discos da semana #85 (09/10 a 15/10)

Salve, discólatra!

Nesses últimos dias, escutamos 18 álbuns / EPs e 20 singles!

Não deixe de seguir a nossa playlist de lançamentos, ela é atualizada semanalmente por Jônatas Marques e Vitor Silveira. A capa é de William de Abreu. Bora conferir?

Afeto Clandestino, Ana Sucha, Arthur Martins, Bloco [C], Fantástico Caramelo, Kanduras, Marcelo Bonfá, Pablo Vermell, Riegulate & Amaro Mann, SOUL, souldju e Tássia Reis lançaram vídeos que valem o confere, basta clicar no nome de cada artista para assistir!


BarKino presents: On Your Own Cover (Volume 7) foi lançado via Bandcamp, e por isso ficou de fora da playlist.


Entre álbuns, EPs e singles, alguns destaques da curadoria:

Bloco [C] – Se Oriente por Vitor Silveira
Estreia em álbum da Bloco [C], banda carioca que mistura no caldeirão influências que vão do rock ao samba, da MPB aos beats eletrônicos. Se Oriente esfrega um debate político e social que deixaria Chico Science satisfeito. Por aqui aconselho a dar o play e passar alguns minutos admirando a capa, assinada pela artista visual Barbara Coimbra, onde podemos sacar as influências da banda!


Fantástico Caramelo – Em Quatro Três Dois por Jônatas Marques
O primeiro álbum da Fantástico Caramelo é uma viagem entre diversas influências do meio indie, pop e até um tanto psicodélico. Enquanto ouvia Em Quatro Três Dois lembrei de artistas como Carabobina, por causa dos synths e a voz feminina em alguns momentos em espanhol, Pato Fu, com as baladinhas da melhor fase da banda, e ainda de sons mais experimentais. A faixa Tchuru é bem essa mistura maluca e bem feita, com um começo a lá Ana Frango Elétrico e uma virada totalmente inesperada com um synth no final. O álbum Em Quatro Três Dois trafega entre essas ideias, com muita personalidade e originalidade, mesmo com a formação “comum” de banda com uma voz feminina. Em Quatro Três Dois foi produzido e gravado por Rafael Rosseto, do Flat Hall Estúdio.


Kanduras – Horizonte na Estrada por Jônatas Marques
Conhecer Kanduras foi uma das grandes surpresas agradáveis desta semana. Horizonte na Estrada começa com aquele hitzinho bom de dançar em um show (já estou de olho na banda para ver ao vivo). E o EP vai se tornando mais complexo e interessante, até o fim que te deixa com gostinho de quero mais. Em todas as faixas cada elemento da música parece estar no lugar certo, seja os versos das músicas, timbres de guitarras ou a bateria mais afastada que dá esse ar de gravação caseira. Horizonte na Estrada, segundo a própria banda, é sobre esperança e resistência e digo que uma das faixas já está figurando na minha playlist chamada “felicidade”, ou seja, acertaram em cheio. O lançamento também conta com um álbum visual que você pode assistir aqui.


V/A – BarKino presents: On Your Own Cover (Volume 7) por Vitor Silveira
BarKino é um programa quinzenal de rádio apresentado e produzido por Pedro Montenegro na Soho Radio (de Londres), que toca música brasileira e, assim como o Disconversa, busca focar na galera que tem atuado recentemente. Como o nome indica, este é o sétimo volume da coletânea On Your Own Cover, onde artistas refazem canções clássicas – a dica aqui é explorar o bandcamp e escutar as edições anteriores. Nessa edição temos a participação de BERNARDO, Tripa Seca, Fernando Oliveira, Jonas Bustince, Chico Algo, Luiza Casé, Felipe Fernandes, Codama, João Antonio Martim, Lello Bezerra, Sergio Machado, turquoise, Homobono e Latexxx, com arte de capa pelas mãos de Celina Kuschnir.
Além disso, todo o lucro com as vendas da coletânea e de suas faixas vai direto para a Audio Rebel, uma das mais importantes casas de shows do Rio de Janeiro, que esteve fechada desde o início da pandemia.


V/A – Mapa Astral, Vol. 4 ::: Ar (Tal e Tal Records) por Jônatas Marques
Durante a pandemia e a necessidade de mergulhar no processo de gravações caseiras, a Tal e Tal foi um dos primeiros selos que conheci nesse meio. O objetivo é produzir artistas que seguem a filosofia de fazer música em casa, adaptando recursos e equipamentos disponíveis no momento. A coletânea Mapa Astral, que chega ao seu quarto e último volume, foi uma iniciativa do selo para divulgar esses artistas, alguns que ainda não possuíam lançamentos nas plataformas. Dialogando com o elemento Ar em cada faixa, o álbum conta com os seguintes artistas: Felipe Quadros, Nego Joca, Barlos, Maca Sol, Duda Raupp, Jalile, Gabão, Gabriela João, Daavi, Analespe, Victor, Pietro Cunha, Le Tauceda, Beili, Olimpio Machado, Ana Matielo, Mariæduarda e Carina Levitan. Além disso, a Tal e Tal já realizou outros eventos, como o desafio “30dias30beats” no mês de março de 2021. Vale a pena conferir todo o Mapa Astral da Tal e Tal e descobrir novos artistas independentes!


Entre os singles, destacamos:

Mauricio Tagliari & Zeferina – Dona Cadu (ouça aqui) por Vitor Silveira
Imagina aquele tipo de música que você nem sabe sobre quem é, mas antes de terminar já sabe que adoraria conhecer a pessoa. Essa é Dona Cadu, a qual recorro ao release para apresentar: “Sambadeira, ceramista, líder comunitária e doutora honoris causa por duas universidades. Dona Cadu mora na Vila de Coqueiros, fundada no século 18 à beira do rio Paraguaçu, no Recôncavo Baiano. Há quem diga, contudo, que sua residência é o próprio rio, de onde ela tira a vitalidade, o otimismo, o bom humor a um passo da ironia, e onde outrora pescou a bordo da canoa monóxila do marido, feita a partir de um único tronco de árvore. Quem vê esta mulher magra e pequena, de enganosa aparência frágil, pode não acreditar que tenha 101 anos vividos entre a água da área dos manguezais, as fogueiras das queimas da cerâmica e o samba de roda”.


Leia a bula:

Álbuns e EPs
1. Alice Caymmi – Imaculada
2. Bloco [C] – Se Oriente
3. Dani Carmesim – Resumo da Ópera
4. Fantástico Caramelo – Em Quatro Três Dois
5. Jennifer Souza – Pacífica Pedra Branca
6.Kanduras – Horizonte na Estrada
7. lista de ausência – hiraeth
8. Marcelo Bonfá – Improvável Certeza
9. Pedro Casagrande – Mantras e Devaneios – Vol.2
10. Renan Ricio – No Fim, Memórias
11. Rubia Divino – Transborda
12. RVST – Electrified EP
13. Superclima82 – Superclima82
14.Tássia Reis – Próspera D+
15. The Weapon They Fear – It’s Time
16. Vacanti – They’re wrong, and they won.
17. V/A – BarKino presents: On Your Own Cover (Volume 7)
18. V/A – Mapa Astral, Vol. 4 ::: Ar

Singles
1. Afeto Clandestino – Princípio do Absurdo
2. Amplexos, Digitaldubs, Leão Etíope do Méier & Lenine – Segura
3. Ana Sucha – Solar
4. Arthur Martins – Novo Homem
5. CARU & Canto Cego – Tô Voltando
6. Fernanda Pessoa – Agora te entendo, Belchior?
7. Lara Aufranc – Mon Mec Et Moi (Live Session)
8. Macaco Bong – Treze
9. Mauricio Tagliari & Zeferina – Dona Cadu
10. Nyan – Backseat
11. Pablo Vermell – Então É Aqui
12. Paulo Beto – Não quero marcar nada
13. Paulo Ohana – Retrópicos
14. Riegulate – Night At The Opera (suave REMIX)
15. Sample Hate – Tic Toc
16. Shitiago & Bruxonilda – Miragem
17. SOUL – Numberless Shadows
18. souldju – Xote Celestial
19. VIRIDIANA – tua, toda.
20. Yannick Hara & Jr Wise – Blade Runner 2049


Continue usando máscara e, sempre que possível, mantenha o isolamento social. Vá vacinar quando for a sua vez e não ouça o atual presidente.

Aquele abraço e até semana que vem!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário