Os discos da semana #86 (16/10 a 22/10)

Salve, discólatra!

Nesses últimos dias, escutamos 16 álbuns / EPs e 16 singles aqui no QG do DCV!

Não deixe de seguir a nossa playlist de lançamentos, ela é atualizada semanalmente por Jônatas Marques e Vitor Silveira. A capa é de William de Abreu. Bora conferir?

Laura Jannuzzi, Manger Cadavre?, Penny In Space, Rafa Martins, Sávio, Vaine, XavBeatz & Uiara e VANDAL, Djonga & Baianasystem lançaram vídeos que valem o confere, basta clicar no nome de cada artista para assistir!


Guache – Rastro foi lançado via Bandcamp, e por isso ficou de fora da playlist.


Entre álbuns, EPs e singles, alguns destaques da curadoria:

hugo – Humaniora por Vitor Silveira
Hugo Noguchi é uma das pessoas mais maravilhosas que tive o prazer de ver empunhando um baixo ao vivo (segue essa playlist aqui pra ver que não estou mentindo). Responsável pelos graves de bandas favoritas aqui da casa, como SLVDR, Ventre e Posada e o Clã, hugo faz a sua estreia em álbum solo costurando referências desde Thundercat à poética expressa de Miyamoto Musashi, de Flying Lotus a trilhas de JRPGs, de Elliott Smith a beats de rap dos anos 90, o músico faz uso de filmes, séries, livros e animes para informar a estética lírica e musical do trabalho. Humaniora vai do passado a estéticas futuristas, mas expressa os dilemas do presente: após se debruçar sobre sua identidade asiática, aqui perdas, desilusão com o país, vida nos grandes centros urbanos, auto-amor, aceitação surgem nas composições.


VANDAL – PHODI$MO MIXTAPE, VOL. 1 por William de Abreu
Suando a camisa e fazendo o que tem de melhor para o underground do cenário do hip-hop nacional, VANDAL se junta ao Dj Leandro e nos apresentam uma mixtape com 10 faixas transitando entre músicas novas e antigas, todas mixadas de uma forma bem sagaz mantendo a pegada de início ao fim. Sempre trazendo em suas linhas a sua visão de mundo peculiar, lírica e falando direto ao assunto sobre a vida, racismo, e como é ser um homem negro favelado vivendo no Brasil. A mixtape transita pelo grime, drill, garage e outros estilos misturados no caldeirão sonoro de VANDAL. Música preta contemporânea de qualidade.


Entre os singles, destacamos:

Dezert Horse & PinkOpala – Paraíso (ouça aqui) por Vitor Silveira
Dezert Horse é um projeto do multi-intrumentista Gabriel Martins, que temos a felicidade de acompanhar por aqui já há algum tempo. Em Paraíso, Gabriel divide a canção com a dupla PinkOpala, formada por Nataly Martins, irmã do músico, e João Victor. Entre guitarras com etéreas e synths doces o trio canta sobre uma chácara que visitavam quando pequenos, e já não pertence mais à família. “Minha irmã escreveu essa letra linda sobre um lugar tão especial pra gente, e apesar desse pedaço de terra ter sido vendido ele sempre vai estar nas nossas lembranças. Crescemos naquele lugar nos divertindo muito, e por isso essa é uma música tão especial pra gente” conta o músico.


Penny In Space – Uma Visão (ouça aqui) por Vitor Silveira
Tem mais single com reverb no talo sim! Uma Visão é o terceiro single da paulistana Penny in Space, o primeiro em português, na medida pra dançar naquela pegada dreampop com tons de retrowave que a gente ama por aqui. A letra, que você pode conferir aqui no lyric video, puxa para um lado imagético, como a artista aponta no release: “que clama por libertação. O véu do inconsciente. O mundo dos sonhos. O despertar.


Leia a bula:

Álbuns e EPs
1. Ana Cañas – Ana Cañas canta Belchior
2. Caetano Veloso – Meu Coco
3. Castel – Memórias do Futuro
4. Emília Carmona – LaMachi
5. Guache – Rastro
6. Hugo – Humaniora
7. João Donato & Jards Macalé – Síntese do lance
8. MANSIM – No Meio do Silêncio
9. Paulo Ohana – O Que Aprendi Com os Homens
10. Plastique Noir – Iskuros
11. Rafa Martins – Paisagens
12. Sávio – Converso Com Todas As Coisas
13. Unbelievable Things – Obrigado Por Nada EP
14. VANDAL – PHODI$MO MIXTAPE, VOL. 1
15. Wagner Almeida & Sentidor – Fenda​/​Norte​/​Casa
16. V/A – Underground Sounds from Brazil, Vol. 3

Singles
1. Clarissa – não me importo mais
2. Dezert Horse & PinkOpala – Paraíso
3. Facção Caipira, Julico & Juliana Linhares – Vaidade
4. Laura Jannuzzi – Temporal
5. Letícia Coelho – Baião de Oyá
6. Mafram Maracanã & Marcelo Lobato – Bandeira de Ogum
7. Manger Cadavre? – Apatia
8. Marina Bastos – Sem Mais
9. Mixdgroove – Só Sei Que Quero
10. Murilo Modesto & geris-ked – Só Rio
11. O Temporal – Tela Azul
12. Penny In Space – Uma Visão
13. recreio – Eu não quero ser mais um
14. recreio – Por que o ódio?
15. Vaine, XavBeatz & Uiara – O Dia Nasce e Morre Aqui
16. VANDAL, Djonga & Baianasystem – BALAH IH FOGOH


Continue usando máscara e, sempre que possível, mantenha o isolamento social. Vá vacinar quando for a sua vez e não ouça o atual presidente.

Aquele abraço e até semana que vem!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário