Os discos da semana #92 (27/11 a 03/12)

Salve, discólatra!

Nesses últimos dias, escutamos 19 álbuns / EPs e 20 singles aqui no QG do DCV!

Não deixe de seguir a nossa playlist de lançamentos, ela é atualizada semanalmente por Jônatas Marques e Vitor Silveira. A capa é de William de Abreu. Bora conferir?


Entre álbuns, EPs e singles, alguns destaques da curadoria:

João Brasil & Zero Awá – Chicken From Angola por Jônatas Marques
Primeiramente: Chicken From Angola é um nome bom demais para passar despercebido em qualquer lugar. Isso bastou para eu dar um play no EP e experienciar 15 minutos de música brasileira com fortes raízes africanas. Os primeiros segundos me lembraram Baiana System, com graves presentes, instrumentos percussivos e um synth com riffs que carregam cada melodia. A faixa Onda, que foi lançada como single anteriormente, explicita essa referência e assim o EP segue no decorrer das suas cinco faixas. Chicken From Angola foi criado pela união de dois mundos distintos: o DJ e produtor João Brasil e o percussionista Zero Awá. Os artistas se encontraram através do Projeto Primeiro Abraço, que já conta com o seu sétimo lançamento. Chicken From Angola é um lançamento do selo Diversão e Arte/Elemess.


Lamparina – ZAM ZAM por Jônatas Marques
Imagina um álbum que começa com R&B, passa pelo tecnobrega, reggae e pelo pagode baiano até chegar no pop, tudo isso de uma forma muito natural. As 12 faixas de ZAMZAM te levam em uma viagem regada de criatividade e excelência na produção musical. É difícil perceber na primeira escutada todos os instrumentos que compõem o disco, devido aos diversos gêneros que são explorados no álbum. Me senti ouvindo uma playlist que poderia ser intitulada como “dance da forma mais feliz possível”. Este já é o terceiro álbum da Lamparina, que foi produzido por Cido Cambraia e também pode ser conferido como álbum visual.


SOUL – Endless Funerals por Jônatas Marques
SOUL é uma das minhas artistas favoritas que descobri nos últimos anos, a forma de desconstrução musical e produção recortada de suas músicas sempre geram boas surpresas para mim. E esta é a constante em Endless Funerals: experimentação, mistura de sons e instrumentos e versos que não precisam obedecer uma sequência previsível. Ao mesmo tempo, faixas como Smoking’ Jazz e Lost Muses encontram, “do nada”, um caminho mais tradicional, o que casa muito bem com a loucura e obscuridade que o EP traz. Endless Funerals é o segundo EP da artista recifense, que estreou com An Emergency To Exist em 2020.


Entre os singles, destacamos:

ATR & Dinho Almeida – Futuro Quer Flutuar (ouça aqui) por Jônatas Marques
Futuro Quer Flutuar pode ser resumida em uma definição perfeita do Vitor, um dos meus parceiros de Disconversa: “uma música que estaria no disco do Boogarins seguinte ao Manual, caso eles mantivessem a mesma característica sonora e não lançassem o Lá Vem a Morte”. A banda goiania entrou nesse meio porque Dinho Almeida, vocalista do Boogarins, empresta a sua voz para o single. Acredito que Vitor foi certeiro em sua percepção e acrescento que Futuro Quer Flutuar também mostra o que seria um som do Boogarins pop, leve good vibes – ou seja, algo totalmente inverso do LVAM. ATR é um duo de música eletrônica com banda, formado por Gustavo Koshikumo e Juliano Parreira. O projeto existe desde 2008, contando com 4 discos, 4 EPs e mais de 400 shows realizados ao redor do mundo. O lançamento de Futuro Quer Flutuar é pelo selo Let’s GIG.

Gilber T – King Funky Soul (ouça aqui) por Vitor Silveira
Três grandes caras – Gilber T, Gabriel Muzak e Rabú Gonzales – reunidos prestando homenagem ao mestre do soul, Gerson King Combo! E a música é exatamente essa pedrada que você tá pensando. Lançada no último dia 30/11, data que o mestre faria 78 anos, o som ainda conta com a colaboração dos grandes João Pinaud, Bruno Marcus e SeuCris. Arrasta os móveis da sala e solta o play nessa pedrada! Ah, e a música ainda ganhou um clipe animado (assista aqui), feito pelo próprio Gilber T.

Suka Figueiredo – La Continuidad (ouça aqui) por Vitor SIlveira
Ainda lembro quando escutei o primeiro single lançado por Suka Figueiredo, a espetacular Caminho de Mármore (ouça aqui). Em seu segundo single a saxofonista mostra que, além das influências clássicas e afrolatinas, também domina a estética pop e flerta com sons mais voltados ao funk e soul, tudo isso sem deixar de lado a brasilidade! A música ainda acompanha um videoclipe em formato de making-of com todo time de musicistas que gravaram a faixa, destaque para o naipe composto somente por mulheres, e em sua maioria mulheres negras, assista aqui. Não sei vocês, mas por aqui estamos ansiosos para escutar o álbum completo!


Leia a bula:

Álbuns e EPs
1. Allan Spirandelli – Se Eu Tô, Eu Tô
2. Arnaldo Antunes & Vitor Araújo – Lágrimas No Mar
3. BK – Cidade do Pecado
4. Drowned Men – Abyssal
5. FGRA – DOS021_FGRA
6. Gabriel Gorini – dorvatro
7. Gabriel Lelis – Ao Ponto de Cru
8. Gah Setúbal – Álbum
9. João Brasil & Zero Awá – Chicken From Angola
10. Lamparina – ZAM ZAM
11. lessa gustavo x an_tnio – Catarina
12. maiorfiasco – Andy Warhol & Muhammad Ali
13. Mateus Aleluia – Afrocanto das Nações
14. Rodrigo Braga – Quarentena
15. Romulo Carvalho – Bem-vindo ao Fim
16. SOUL – Endless Funerals
17. UMBILICHAOS – Entrails Redux
18. V! – Fading
19. WARLLOCK – Nova Escala, Pt. 2

SIngles
1. Afeto Clandestino – Motel Existencial
2. Ana Passarinho – Eclipse Total
3. Antiprisma – Não Verás País Nenhum
4. ATR & Dinho Almeida – Futuro Quer Flutuar
5. Bebel Prieto – Solzinho
6. Chinaina – Hardcore Brasileiro
7. Elisa Terra – Bússola
8. Gaê – Paciência
9. Gilber T – King Funky Soul
10. Hugo Moura – Jalapão O Encontro
11. Izabella Rocha – Misteriosa Atração
12. Josefoooooooooo – o físico
13. Mantena® – Caetano estaciona carro no Leblon
14. Martiny – Saudade Pra Inglês Ver
15. Riegulate – NOW
16. Souela – Sem Medo do Amanhã
17. Suka Figueiredo – La Continuidad
18. Victória dos Santos – Ave de Rapina
19. Yannick Hara & Dy Fuchs – Cidade Cyber
20. Zé Bigode Orquestra – Maria Navalha


Continue usando máscara e, sempre que possível, mantenha o isolamento social. Vá vacinar quando for a sua vez e não ouça o atual presidente.

Aquele abraço e até semana que vem!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário