Os discos da semana #94 (11/12 a 17/12)

Salve, discólatra!

Nesses últimos dias, escutamos 12 álbuns / EPs e 20 singles aqui na redação do DCV!

Não deixe de seguir a nossa playlist de lançamentos, ela é atualizada semanalmente por Jônatas Marques e Vitor Silveira. A capa é de William de Abreu. Bora conferir?


Entre álbuns, EPs e singles, alguns destaques da curadoria:

Expedidor – Obrigado e Até Logo por Jônatas Marques
Com as demandas (atrasadas) de fim do ano e aquele clima de férias, prometi pra mim mesmo não pegar tantos destaques na última semana de lançamentos de 2021 no Disconversa, porém foi impossível passar um ouvido em Obrigado e Até Logo e não falar sobre o disco. Primeiramente, esse é o terceiro álbum de Expedidor em 2021 (!!!), quando soube disso fiquei ainda mais impressionado. Isso porque Obrigado e Até Logo viaja entre inúmeros gêneros e traz muita coisa original em 15 (!!!) faixas e um pouco mais de 35 minutos. Depois de 2 trabalhos focados em uma identidade instrumental, Expedidor usa a voz como o principal elemento em 14 faixas do novo disco. Além disso, o artista ainda lançou o clipe de Eu Já Fiz de Tudo que Tu Pode Imaginar, que pode ser visto aqui.


Guizado, Thiago França, Maurício Takara & Marcelo Cabral – O Som do Vento e dos Cães por Vitor Silveira
Imagina quatro pessoas com o currículo desses caras juntas em estúdio: Mauricio Takara (Hurtmold, Rakta, Universal Mauricio Orchestra), Marcelo Cabral (Passo Torto, Elza Soares, Criolo), Guizado e Thiago França (Metá Metá, Charanga do França). Esse álbum é sobre isso, são 4 faixas onde se sente a liberdade de criação e a explosão que deve ter sido o encontro desses músicos em estúdio.


Josefoooooooooo – ZEFO VOL. 1 por Vitor Silveira
E veio aí o primeiro álbum cheio do goiano Josefoooooooooo – são 10 letras O, não perca a conta -, e aliás, só agora me dei conta que J é a 10ª letra do alfabeto. Tem também aquela história de que o 10 tem o número 1 e o número 0, o tudo/nada, início/fim, etc. Será que desvendei o mistério? Mas para além da suposição mística, o álbum tem influências de Boogarins, My Magical Glowing Lens, Projeto Casulo (o nosso Jônatas Marques) e Dezert Horse; é também visualmente inspirado por Gaspar Noé, Jodorowsky e Gabriel Rolim. Exatamente o tipo de música que deveria tocar na sua ceia de natal.


Entre os singles, destacamos:

Diogo Mirandela – O Que Não Cabe Mais (ouça aqui) por Vitor Silveira
Diogo Mirandela é um cantor, compositor, músico e fotógrafo nascido e criado em Queimados/RJ. Em seu quarto single e clipe da carreira, “O Que Não Cabe Mais“, Diogo fala das situações limites que podemos viver e a possibilidade de superá-las e deixá-las para trás em tons de prog rock e MPB. A música ainda conta com um clipe, que você pode assistir aqui. Dica: assista até o final!


Leia a bula:

Álbuns e EPs
1. Agnés Dourada – Agnés Dourada
2. Expedidor – Obrigado e Até Logo
3. Fernando Pinheirus – Para Sempre Lembrar…
4. Guizado, Thiago França, Maurício Takara & Marcelo Cabral – O Som do Vento e dos Cães
5. Josefoooooooooo – ZEFO VOL. 1
6. Lucas Felix – Convite
7. Petbrick – Pet Sounds Vol. 2
8. Tom Camelo – SHEMUC
9. Túlio Falcão – Mollusca
10. ventilas – Domingo
11. VERO – Contrapranto
12. Yasmin Umbelino – Antares

Singles
1. Ana Sucha – Chapadas e Peladas
2. Atalhos – Te Encontrei em SP (Hidrogenesse Remix)
3. Canto Cego – Fábula de uma Granada
4. Cecília Beraba – Ressurreições
5. Deh Muss – Lilith
6. Diogo Mirandela – O Que Não Cabe Mais
7. Duda Brack & Elisio Freitas – O Amor é Velho e Menina
8. Isa Roth – Vou Fazer (Cyber Lo-fi Edit)
9. Jhenny Santine – Tempestade de Oyá
10. Josy.Anne – Domercês
11. Lara Aufranc – Eu Você Um Nó / Muito Mais
12. Laylah Arruda – Ni Una Menos
13. Mau Du Carta & Jec Pesadíssima – Bari Bari Bow Bow
14. Pedro Bienemann & Marina Decourt – Brasão Poema
15. Raf Vilar – Sou Tropical
16. Rebecca Nora – Caminho Lofi
17. SoprÜ – Sólissurto
18. suave – trans_humano
19. Verjault – amor espelho
20. Vic – Um Coração


Continue usando máscara e, sempre que possível, mantenha o isolamento social. Vá vacinar quando for a sua vez e não ouça o atual presidente.

Aquele abraço e até semana que vem!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário