Cinco motivos para assistir Alta Fidelidade, a série

Produção estrelada por Zoë Kravitz estreia hoje na plataforma Starzplay

Lançada originalmente por Nick Hornby em livro de 1995, Alta Fidelidade conta(va) a história do dono de uma loja de discos. Com masculinidade frágil e imaturo, Rob Fleming não sabe lidar com a vida adulta e com o fim de seus relacionamentos. Com o sucesso comercial, a narrativa foi adaptada em 2000 para os cinemas e rendeu ao protagonista, John Cusack, a indicação de melhor ator de comédia no Globo de Ouro de 2001.

Quase duas décadas depois, Alta Fidelidade foi adaptada e transformada em série. Produzida pela Hulu, a história foi dividida em dez episódios, com tempo médio de 30 minutos, e leva a história para outro lugar ao deslocar os principais personagens do livro e também do filme de Stephen Frears.

Rob agora é Robin, uma mulher negra; Barry, que originalmente é interpretado por Jack Black, agora é Cherise, também uma mulher negra; e Dick agora é gay e se chama Simon. Fizemos um top 5 de motivos pelos quais você deve assistir a série. Confira!!


1) Representatividade

E no topo da lista vamos de representatividade. Como já apontado no texto, as personagens foram deslocadas de figura, e claro, de visão de mundo. Quantas donas de loja de discos você conhece? E quantas delas são negras?

A série dá uma boa e necessária repaginada nas personagens, que vale pontuar, envelheceram mal. Ninguém mais aguenta um Rob Gordon ou um Barry atrás do balcão, não é mesmo?


2) Trilha sonora

A trilha sonora é maravilhosa. Sem querer dar spoiler, mas até o Lula Côrtes tem a sua participação na obra.


3) Zoë Kravitz

Que, além de interpretar ridiculamente bem o papel de Rob, é filha de Lisa Bonet, a Marie De Salle do filme original.

Zoë Kravitz também é filha de Lenny Kravitz, mas isso é só curiosidade e não vem ao caso.


4) As situações

Tendo em vista que ainda estamos no meio de uma pandemia e não é recomendável sair por aí para garimpar, não sei se esse é um ponto bom ou ruim, mas a série é perfeita no que diz respeito as situações do dia a dia de uma loja de discos, com todos os pontos altos e baixos.

Quem lembra dessa no filme original dá RT

5) Período de teste gratuito

O STARZPLAY tem um período de teste gratuito, e também um plano onde você paga R$ 10,00 ao mês durante os 6 primeiros meses, é só clicar aqui!

O catálogo do serviço ainda é pequeno, mas bem selecionado, recomendamos também Inside Llewyn Davis, dos irmãos Coen.

Qual é a desse box mesmo?
Vitor Silveira

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *