Tem disco do King Gizzard & the Lizard Wizard chegando ao Brasil!

Polygondwanaland é o 12ª álbum lançado pelo King Gizzard & the Lizard Wizard, um dos principais nomes da psicodelia e do rock progressivo da atualidade. Ele foi o quarto de cinco discos lançados pela banda no ano de 2017, e finalmente chega ao Brasil numa prensagem nacional via Pedra Templo Animal. Você pode adquirir a sua cópia aqui!

Nesse disco, eles exploram as possibilidades da psicodelia polyritmica, aliados a enorme gama de influencias sonoras da banda, o que resulta em um disco que alarga as fronteiras sônicas contemporâneas.

O álbum foi lançado de forma gratuita pela banda. Grátis para download, assim como fortemente incentivado, grátis para cópias o lançamento de cópias físicas ao redor do globo. Em tradução livre do site oficial do álbum:

Sempre quis começar sua própria gravadora? Vá em frente! Empregue seus colegas, prense o disco, embale caixas. Nós não somos donos deste álbum. Você sim. Vá em frente, compartilhe, aproveite.”

No momento de escrita deste texto temos pelo menos 300 lançamentos nos mais diversos formatos contabilizados pelo Discogs.

Pela primeira vez em vinil, CD e K7 no Brasil!

O selo Pedra Templo Animal, responsável por colocar na praça o também altamente derretido e psicodélico Nascimento, da banda Perfume Azul do Sol, colocou a mão na massa e traz Polygondwanaland nos três formatos!

Em vinil o álbum chega em edição limitada, com capa gatefold, vinil 180g e disco transparente! Com previsão de entrega entre a segunda quinzena de setembro à primeira quinzena de outubro, o álbum pode ser adquirido diretamente pelo Instagram do selo, e também pelo site oficial, onde é possível também parcelar a compra.

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário