A exposição de arte que originou “Drácula I Love You”, disco clássico da cantora Tuca (inclui fotos inéditas e nunca vistas)

Qual é o preço de tornar-se um ícone após a morte? Qual o custo em tornar-se reconhecida devido à falta de reconhecimento? Tuca, falecida em 1978, possui um ativo fã-clube na internet em 2021, além de colecionadores desesperados por seus LPs originais. Em detrimento da “vida após a morte” em que Tuca possui prestígio, a cantora morreu no ostracismo e sem nunca ter ocupado o espaço de excelência que tanto merecia. Provavelmente, morreu triste.

Ler mais

Ondas Sísmicas – O primeiro livro a se dedicar exclusivamente às cantoras contemporâneas do Brasil precisa do seu apoio!

Ondas Sísmicas: 90 discos de cantoras brasileiras do século 21, o mais abrangente documento a se dedicar exclusivamente à música feita por mulheres em nosso país, está em financiamento coletivo via Catarse!

Ler mais