Edital aberto para a coletânea Mapa Astral – Vol. 2

Com seleção aberta até dia 20/09, a coletânea de música independente, colaborativa e caseira divulga edital, que tem o elemento água como tema

A coletânea Mapa Astral tem o intuito de estudar, trocar e aprender, de forma independente e colaborativa, práticas de criação de música em suas infinitas formas. A ideia principal da galera que organiza é motivar todo mundo a traduzir seus sentimentos em música, do jeito que dá, com os equipamentos que tiver. Celular, áudio de whatsapp ou gambiarra. Quarentena é pra ficar em casa, certo? Então nada de gastar em estúdio. Ableton, FLoops, GarageBand, e Reaper neles! Celular é microfone e bora lá. São os caminhos do que acreditamos aqui no Disconversa!

A curadoria será feita brincando com os dados astrológicos dos participantes. Uma das exigências da curadoria é o envio do mapa astral (que pode ser feito online, basta dar um google). Qualquer estilo de música é aceito, desde que o som seja autoral e inédito. O som deve ser enviado em formato .wav para o e-mail taletalrecords@gmail.com.

O edital completo pode ser lido aqui.

Serão selecionadas entre 12 e 15 músicas por volume, de maneira que o setlist componha um mapa astral completo. A seleção fica aberta até o dia 20 de setembro. A data prevista para o lançamento da coletânea é até o dia 21 de novembro, afinal, o disco será escorpiano!

Cada volume da coletânea será publicado em diversas plataformas de streaming e também na página do YouTube da Tal & Tal. Sempre com o devido registro de cada artista e pessoa envolvida, nos conformes de todos os direitos autorais. Tudo será resolvido em conjunto com cada artista. 

E aproveita pra ouvir o primeiro volume, que foi lançado mês passado e apareceu no #24 dos nossos lançamentos da semana!

Vitor Silveira
Últimos posts por Vitor Silveira (exibir todos)

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe um comentário