Polara lança o clássico “Inacabado” em vinil

Foto reprodução Instagram
Comemorando os 13 anos de lançamento “Inacabado”, o último disco da Polara, finalmente ganha uma edição física à altura da obra.

A banda, que começou no formato de trio com Carlos Dias (guitarrista e vocalista do Againe), Sato (ex-integrante do Mickey Junkies e do Mamelo Sound System) e Rafael Crespo na bateria (que tocava guitarra no Planet Hemp), passou por várias formações tendo ainda M. Takara e Daniel Ganjaman em formações intermediárias. Anote aí caso não conheça os nomes, daria para montar uma playlist só com as bandas por onde essa galera passou!

Sem tentar rotular, mas já tentando, o som é uma mistura de todas as referências dos integrantes e ex-integrantes, uma hora cai pro emo, outra pro hardcore, às vezes pro indie rock, mas tem muito mais ali no meio. Vale o play, caso não conheça:

“Inacabado” conta com Carlos Dias no vocal, Rafael Crespo na guitarra, Mario Cappi (do Hurtmold) na outra guitarra, Sato no baixo e Fernando (do Elma) na bateria. As gravações começam em 2007 entre RJ e SP, mas no meio do caminho a banda se separa, deixando músicas não gravadas e uma faixa sem vocais (a ótima “Último role”), por isso o nome.

O álbum acaba vindo a público em formato virtual em algum momento de 2008 distribuído apelas online. Quem aí lembra de como era a internet em 2008? Ainda não existia Spotify, o Grooveshark e a Trama Virtual dominavam os streamings por aqui.

Em 2013 a banda se reúne, e seguia fazendo shows até pouco antes dessa badtrip de pandemia começar, o primeiro deles é o vídeo abaixo. Saudades de aglomerar que chama, né?

“Inacabado” está à venda no site da Burning London Records em vinil de 45rpm importado dos EUA, nas cores azul bebê e transparente, estamos também na expectativa da chegada do vinil laranja, já anunciado no Instagram! O disco ganhou nova arte pelas mãos da artista paulista Patricia Pacolli. Corre lá para garantir o seu, as cópias são limitadas!

Também existe uma versão em CD, lançada em 2018!

A Burning London Records é um selo independente que nasceu em Belo Horizonte, hoje com sede em São Paulo, que existe desde 2009. Além desse baita clássico em pré-venda a Burning London já lançou álbuns de algumas das bandas favoritas da casa, como Dead Fish, Deaf Kids, Pense, Plastic Fire, entre várias outras bandas!

Vitor Silveira

Vitor Silveira

Vitor Silveira, é graduado em Biblioteconomia pela UFRJ, e também tem formação técnica em Produção Audiovisual pela FAETEC. Atualmente divide a vida entre pesquisas em Humanidades Digitais e o portal Disconversa, onde contribui como editor, colunista e webmaster, assim como produtor e editor de áudio no Disconversando. Entre opiniões polêmicas e informações obscuras, enxerga em um disco do Cartola a mesma beleza que no Metal Machine Music do Lou Reed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *